Sacrifício

“Em nada porém considero minha vida preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus.” Atos 20:24


papel_de_parede_cruz_no_por_do_sol_35166

Este trecho é uma parte do discurso de Paulo aos presbíteros da Igreja de Éfeso, e seu contexto é uma despedida, apontando que nunca mais verá o rosto de cada homem que está ouvindo seu discurso. Paulo parece estar abatido, pois no fim do capitulo o relato é de que “levantou-se um grande pranto entre todos, e abraçando Paulo, o beijavam. O que lhes entristecia muito era a palavra que dissera que não veriam mais o seu rosto.” (Atos 20:37-38).

Paulo está prestes a viajar para Jerusalém e a única certeza revelada a ele através do Espirito Santo, é a de que na cidade lhe aguardam prisões e tribulações. O que me atrai neste trecho é a maneira que Paulo encara isso, e se posiciona. Se aplicarmos esse ensinamento ao nosso contexto de vida, somos chamados a uma renúncia diária, a renunciar o nosso trabalho, a renunciar amizades, estudos e assim por diante. Contudo, simplesmente deixamos de fazer a vontade do Pai e achamos que sabemos do nosso futuro, aliás nos prendemos demais a este mundo e ao nosso limitado futuro nessa terra.

O que quero dizer é que, queremos muito deste mundo e pouco da vida eterna, onde se encontra o nosso desejo e anseio pela vida eterna? Podemos sim trabalhar, estudar, ter amigos, mas devemos ponderar e viver uma vida de equilíbrio sempre colocando Deus e um relacionamento com Ele em primeiro lugar.

Afinal, Deus nos chama para falar da sua salvação, e o que fazemos? Deixamos isto em segundo plano, guardado no “armarinho”. Procuramos garantir a vida nessa terra, e nos enchemos de preocupações em nossas cabeças com relação ao futuro, e ainda temos medo do que nos aguarda se não agirmos conforme os padrões deste mundo, isso é uma prisão voluntária.

Deus nos convida para uma vida sem esse peso, onde cada coisa está no seu devido lugar, uma vida de confiança e fé que o nosso futuro não é aqui, e que o hoje Ele nos sustentará. (“Buscai em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça e todas as coisas vos serão acrescentadas. ” Mateus 6:33).

Imagino Paulo e a paz em seu coração, mesmo sabendo que sofreria prisões e tribulações se viajasse a Jerusalém pois o espirito o estava direcionando e ainda afirmando com plena certeza que “Em nada porém, considero minha vida preciosa, contato que cumpra com alegria a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus..”.

Que o Espirito Santo convença o nosso coração e que possamos viver sempre pensando em fazer a vontade de Deus e visando a vida eterna, nos esquecendo deste mundo e focando no Reino dos céus, completando o ministério que o Senhor Jesus Cristo concedeu a cada um de nós.

Pense e viva, imaginando a alegria que teremos no fim, ao olhar para trás e repetir as mesmas palavras de Paulo em 2 Timóteo 4:7 “Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé.”, e receber a recompensa a coroa da justiça do Senhor, que está guardada não somente a Paulo mas a todos aqueles que o amaram. (4:8)

VAMOS JUNTOS!

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s